O Amor é como um Jardim

Namastê! Neste artigo vou falar sobre o Amor.

Muitos consideram o Amor um sentimento de carinho, ternura e demonstração de afeto que cresce entre seres que possuem a capacidade de o manifestar. Isto porque é ele que nos faz apaixonar por uma pessoa de quem realmente gostamos.

Outros o consideram um valor, pois o que o mundo realmente precisa é de pessoas cheias de Amor para dar e também para receber. Ou seja, enquanto valor o Amor é capaz de apaziguar os problemas existentes à face da terra, desde os pequenos até aos grandes. É dando que as pessoas recebem a dobrar. É por isso que a verdadeira energia do Amor tem a capacidade de  transformar tudo à nossa volta, desde as coisas mais pequenas até às maiores. É o Amor que define quem realmente somos.

Mas mais do que isso tudo o Amor é a soma destas duas “energias”: um sentimento e um valor e, dessa forma, precisa de ser cultivado. Tal como num jardim, para se poder ver as maravilhas que este possui é preciso cultivá-lo e com o Amor é a mesma coisa. Deste modo, não fique sentado à espera que o Amor venha ter consigo. Comece já hoje a cultivar o Amor que há dentro de si, porque lembre-se que o Amor é como um Jardim que floresce a cada momento que o cultivamos. 

Francisco Manuel Batista

Sou um Ser na descoberta do Autoconhecimento. Fundei o Portal Universo do Conhecimento pois pretendo ser uma inspiração para todos aqueles que, assim como eu, querem evoluir, ser felizes e aceder a/viver uma vida de infinitas possibilidades para o despertar de um novo Nível de Consciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin