Já chegou 2021… Como vai ser?

À quase duas semanas e meia atrás chegou num ápice o Ano 2021.

Um Novo Ano, novas expectativas, novos desejos, novos objetivos, novas metas, novas resoluções…

O regresso a mais um ano… com um sentimento muito divergente este ano e o ano que passou.

As tradicionais viagens, momentos de lazer em família e amigos, foram mais acauteladas e algumas proibidas mesmo. Muitos momentos foram trocados pelo sossego da casa e por passeios no campo. O medo continua bem vivenciado em cada um de nós. E parece que vai se manter.

Devido há pandemia do Novo Coronavírus, a COVID-19 que teima em não desaparecer do mundo. Então o nosso país está com números muito elevados de casos.

Um pouco por todo o mundo voltamos ao confinamento. Um confinamento que tem que ser cumprido. Os números estão elevadíssimos.

Mas, será que esta pandemia realmente vai mudar as pessoas como tanto se fala?

Será que o respeito pela individualidade, pela escolha pessoal, pela opinião é respeitada e valorizada pelos outros?

Será que o Amor ao próximo, a caridade, a filantropia, o altruísmo, vai ficar vincado em cada ser humano?

É que os confinamentos… o tempo de espera vem para trabalhar estes aspetos em cada um de nós.

Vamos aguardar, pois é do conhecimento de todos nós que esta pandemia é muito grave, tem uma energia muito densa e temos que nos acautelar.

E temos que trabalhar em nós e no outro o respeito, a individualidade, a escolha, a opinião, o amor ao próximo, a caridade, a filantropia, o altruísmo… se não for trabalhado em cada ser humano aqui na no plano físico certamente que a pandemia continuará por muito tempo. Se for trabalhado não.

Isto é como funciona no campo da espiritualidade. Através da Lei Causa Afeito, do conjunto das sete leis herméticas da kabbalah que significa recepção. Toda a causa tem um efeito. Ou seja, cada comportamento do ser humano tem um efeito. Se durante anos andámos a poluir os oceanos, mares e rios, se andamos a queimar a Mãe Terra, se andamos só a ter pensamentos negativos e de ódio uns pelos outros temos um efeito… a pandemia. Todo o mundo esteve em espera para poder mudar e adotar novos comportamentos… mas voltámos ao mesmo.

De momento as crianças frequentam a escola… mas até quando. Os idosos, estes que lhes faz tanta impressão este confinamento, os doentes internados em hospitais não recebem visitas.

Não nos podemos esquecer que a sociedade mundial já se encontra mesmo no novo paradigma social e espiritual. Tudo o que acontece tem conotação espiritual devido há energia que cada um de nós emana e vibra.

Por isso, cada um de nós tem que fazer uma introspectiva sobre os seus pensamentos, emoções, atitudes, comportamentos e ações durante este tempo de espera. E avaliar. Para se saber realmente se vamos ter uma nova vaga pandémica.

Vamos aguardar para ver o que o campo espiritual pensa de cada um de nós.

Podemos sim ir orando, rezando, praticando o bem e respeitar todas as normas e regras da Direção-Geral da Saúde. E aguardando com muita fé para que esta pandemia pare de uma vez por todas.

5/5 - (2 votes)

Patrícia Correia

Licenciada em Ciências Sociais - Minor em Serviço Social pela Universidade Aberta. Mestranda em Serviço Social na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Em descoberta do meu EU Superior. Formação em Terapias Holísticas: Reiki USui Shiki Ryoho - Nível III, Curso de Meditação - Praticante I e Formação de Instrutora de Yoga para Grávidas e Seniores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Compart.
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
Pin