Chaves da Consciência: Autoconhecimento

Atualmente existem muitas pessoas a viver num estado de Apatia Espiritual, numa inercia constante quando se trata de agir em relação ao que está menos bem na sua Vida. Muitos buscam o auxílio de um Terapeuta, não para um trabalho de Autoconhecimento e de Cura, mas sim em busca de respostas e soluções rápidas para por término à dor interna, ao caos interno e externo que existe nas suas Vidas. Muitos são os que ainda procuram a “Pílula Mágica” que os vai retirar do vazio existencial em que vivem; que lhes vai consertar a Vida de um dia para o outro; que lhes vais proporcionar a paz, a alegria e o sucesso que tanto desejam. Acredito que quando se trata de curar as dores da Alma, a solução não é o uso de “Pensos Rápidos” para aplacar e conter a desordem momentânea, seja ela física, mental, emocional, energética e/ou espiritual.

Um Trabalho de Cura passa sempre por um processo gradual e contínuo de Autoconhecimento. Nenhuma Cura acontece fora de nós, nem de fora para dentro. A Cura começa dentro e manifesta-se fora. A Medicina Convencional proporciona o alívio externo, mas muitas vezes atua apenas como um “Penso Rápido”, pois as dores da Alma que levaram àquele desequilíbrio físico não são curadas pelos medicamentos, mas sim quando desenvolvemos a capacidade diária de Autoconhecimento. A autora/escritora Helena Sousa tem a seguintes frase no seu manual de numerologia: “Uma pessoa que se conhece devidamente sabe que tem todos os recursos que precisa”.  Esta é a mais pura das verdades. Quando nos autoconhecemos vamos acedendo a cada vez mais Chaves Internas de Cura para os processos que estamos a ultrapassar diariamente. Um ou dois processos terapêuticos não vão trazer uma Cura total à nossa Vida. Vão sim, trazer um alívio momentâneo dos desafios atuais. Por isso, é preciso continuar este processo de descoberta pessoal e autocura. Podemos fazer este caminho junto de um Terapeuta de confiança ou fazê-lo nós próprios, mas relembrando que uma jornada de mudança interna é gradual e requer compromisso, foco e autodisciplina. A Cura está em todos nós. Nós somos a nossa própria Cura, pois quando nos predispomos ao Autoconhecimento Interno estamos a aceder às chaves da nossa Cura.

Existem várias abordagens para iniciar uma Jornada de Autoconhecimento. Não há uma mais adequada que a outra, nem há uma certa ou errada. Todas se complementam. Podemos nos conhecer ao seguir o ritmo da Natureza, seguindo os ciclos da Lua e fazendo as autorreflexões para cada lunação. Podemos pedir um mapa numerológico ou um mapa astral, podemos fazer uma consulta de Feng Shui ou mesmo fazer uma Sessão e/ou Curso de Reiki. Podemos participar em Círculos do Despertar ou em Rodas de Cura Xamânicas.

O mais importante é saber o que o fazer depois de se obter todo esse Conhecimento. Deste modo:

  1. Vamos nos sentar no sofá e ler um livro e/ou ver um filme/série, vamos fazer compras no shopping ou vamos descobrir como poder usar todos estes insights recebidos em prol da nossa Cura e Evolução Pessoal e Espiritual?
  2. A escolha é nossa; vamos agir ou continuar num estado de Apatia e Letargia Espiritual?

Refletir sobre estas duas questões anterior é muito importante se de facto almejamos iniciar uma Jornada de Autoconhecimento e ter sucesso na nossa Vida Pessoal e Profissional.

Avalia este artigo

Rosália Ramos

Sou Terapeuta Multidimensional e Facilitadora do Despertar. Através de vários conhecimentos que adquiri ao longo da minha jornada de aprendizagem e de diversas ferramentas energéticas e multidimensionais que possui-o, auxilio a integração de todos aspectos e/ou partes que nos compõem (o corpo físico, os nossos corpos sutis e em outras experiências de vida), promovendo o alinhamento com a Essência Primordial. Hoje sou a melhor versão de mim própria; sou uma eterna buscadora do Ser; uma aprendiz em evolução. Nem sempre foi assim. Grande parte da minha vida andei perdida, sem rumo ou meta, respirando por respirar… Foi uma perda, que hoje considero uma bênção. Bênção essa que me levou a questionar todo o rumo que estava a dar à minha vida e me abriu as portas para este alinhamento contínuo do Ser. Acredito que somos Seres em evolução e que vivemos num Entrelaçamento Multidimensional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Part.
Partilhar
Twittar
Partilhar
Pin