Chaves da Consciência: A importância de ser Íntegro Diariamente

Na sequência dos dois últimos artigos (um em que falei da importância de assumirmos a nossa Responsabilidade perante a nossa Vida como forma de nos libertarmos dos gatilhos inconscientes que nos prendem a padrões cíclicos de situações onde impera a dor e o sofrimento; outro em que falei da importância de tomarmos consciência que não existem Verdades Absolutas e que todos somos regidos pelas nossas verdades internas, da relevância de que viver de acordo com elas, é uma forma de realinhamento cada vez maior, com a nossa essência), os mesmos são pontos de partida que considero que possam de alguma forma ser potenciadores do despertar para uma Vida mais alinhada e com propósito.

Aconteceu-me que no decorrer do meu despertar, vi-me muitas vezes a tentar arranjar formas de encaixar estes novos conceitos e tomadas de consciência, no decorrer da minha Vida Social/Profissional/Pessoal de uma forma cada vez mais oca e sem consistência. Assim, dei por mim muitas vezes, a esconder o que sentia e acreditava, agindo até de forma contraria ao que era a minha verdade. Tudo isto é incrivelmente extenuante, acreditem! Até para mim que sou do signo Gémeos e que normalmente estamos habituados a “assumir” duas personalidades ou várias formas de estar entre os que nos rodeiam, é complicado. Sustentar estas personalidades criadas constantemente perante a comunidade evolvente é esgotante e podemos muitas vezes entrar em estados depressivos, pois estamos constantemente a viver uma verdade que não é a nossa. É aí que entra a Chave de Hoje, a importância de ser íntegro diariamente.

Cultivar a Integridade Diária é um desafio estonteante quando estamos no nosso processo de despertar. Ser integro, é ser alguém que age de acordo com a sua verdade e que a assume nas várias áreas da Vida. É assumir e viver a sua Espiritualidade no dia-a-dia e consequentemente perante os outros. E porque é que isto é um desafio? Talvez seja um dos maiores desafios que enfrentamos inicialmente, porque normalmente os que estão a nossa volta estão numa onda completamente diferente da nossa, tem outras formas de ver, sentir e estar na Vida. Deste modo, é muito provável que olhem para nós de uma forma diferente. Uns até vão gostar das nossa novas atitudes, da novas posturas, das partilhas e aprendizagens, o que até lhes pode dar coragem para também assumirem isso nas suas próprias Vidas. Contudo, também vão haver outros que não vão estar de acordo e vão fazer de tudo para por em causa tudo isso. Por incrível que possa parecer, são estes últimos que, vão ser os nossos mestres, pois é através de como lidamos mentalmente e emocionalmente com eles que vamos evoluir na “Escola da Vida”.

Como podemos então aplicar esta Integridade Diária na nossa Vida? A minha sugestão é fazer isso gradualmente; é refletir em que áreas da Vida é que estamos realmente a fugir a esse estado de integridade e começar por aplicá-las aí. Durante as minhas Terapias/Workshops/Cursos é comum aparecerem-me pessoas que querem esconder que estão a fazer terapia ou que estão a trabalhar para o seu Desenvolvimento Pessoal e Espiritual; que fazem cursos e vão a retiros e escondem isso de quem está próximo de si e é importante para a sua vida. Um dos maiores ensinamentos que me foi dado por um mestre de um curso que tirei foi “tudo só podes esperar receber verdade do outro, quando tudo próprio também revelas toda a tua verdade”. Isso foi algo extraordinário… Hoje, tudo o que pratico é em verdade; quando falo de mim ou da minha experiência de vida é sempre em verdade, sem esconder ou enaltecer algo; quando me entrego ao outro é em verdade… Para mim isso tornou-se muito simples no meu âmbito profissional, quando estou envolvida com os meus clientes ou em processos terapêuticos. No entanto, nos meus relacionamentos mais pessoais ainda tendo a, muitas vezes, a fugir desse estado de Integridade. A verdade é que todos temos verdades e medos ocultos que não queremos descobrir, mas o caminho da evolução é mesmo por aqui: ir aprofundando-os com muito cuidado e veneração.

Avalia este artigo

Rosália Ramos

Sou Terapeuta Multidimensional e Facilitadora do Despertar. Através de vários conhecimentos que adquiri ao longo da minha jornada de aprendizagem e de diversas ferramentas energéticas e multidimensionais que possui-o, auxilio a integração de todos aspectos e/ou partes que nos compõem (o corpo físico, os nossos corpos sutis e em outras experiências de vida), promovendo o alinhamento com a Essência Primordial. Hoje sou a melhor versão de mim própria; sou uma eterna buscadora do Ser; uma aprendiz em evolução. Nem sempre foi assim. Grande parte da minha vida andei perdida, sem rumo ou meta, respirando por respirar… Foi uma perda, que hoje considero uma bênção. Bênção essa que me levou a questionar todo o rumo que estava a dar à minha vida e me abriu as portas para este alinhamento contínuo do Ser. Acredito que somos Seres em evolução e que vivemos num Entrelaçamento Multidimensional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Part.
Partilhar
Twittar
Partilhar
Pin