A Espiritualidade e Ser Espiritual nos Dias de Hoje

Muito se fala em Espiritualidade e em ser-se Espiritual nos “Dias de Hoje”.

Atualmente “todas” as pessoas apelidam-se elas próprias de Seres Espirituais. Mas, será que realmente as pessoas têm conhecimento sobre o que é a verdadeira Espiritualidade? E o que é ser-se Espiritual?

Muitas pessoas pensam que são Espirituais por fazer Yoga, por Meditar, comer Comida Vegetariana, não vestir roupa e calçado proveniente de peles de animais,…

Algumas ainda entendem que ser Espiritual é frequentar a igreja ou templos, rezar a alguma santidade, meditar de acordo com as crenças budistas, participarem em cultos, acender velas/incensos ou comprar cristais.

A verdadeira Espiritualidade não tem nada haver com religião. Apesar de muitas pessoas o entenderem assim… E seguirem a as mais variadas religiões existentes no mundo.

De acordo com Hélio Pena, a Espiritualidade é:

Propensão humana a buscar significado para a vida por meio de conceitos que transcendem o tangível, à procura de um sentido de conexão com algo maior que si próprio.

É uma tendência da sociedade, algo que está a ser imputado dentro da comunidade, das pessoas, encontrarem um significado para a sua própria vida através de meios sensoriais como forma de conexão com algo maior.

É uma tendência porque atualmente a sociedade encontra na espiritualidade uma atividade financeira, devido a muitos fatores tais como: o desemprego em grande escala que afeta muitas pessoas, o nível de vida, condições financeiras e económicas. E parece que também é tendência porque ser Espiritual neste momento está na berra.

Devido a estes fatores existem muitas pessoas que se intitulam de Terapeutas Holísticos, muitas até sem formações próprias e fazem sessões de terapias cobrando valores inaceitáveis a nível Espiritual. O que a Espiritualidade dá como dom é para ser oferecido a quem precisa. E as pessoas que recorrem a essas terapias acreditam, pois a sociedade atualmente está com grande níveis de doenças mentais e emocionais. Isto Leva as pessoas a acreditar em qualquer coisa que queiram ouvir.

Para mim, o mais absurdo ainda destas pessoas que se autotitulam de serem Espirituais é que ainda se acham tão verdadeiras e tão “Zen” que falam com as outras pessoas sobre estas sessões, quer no círculo de amigos quer com outras. Ou pior, julgam a vida das pessoas; a vida alheia, arranjam conflitos internos e externos com as pessoas e dizem mal dessas pessoas.

Nada disto é ser Espiritual. Nada disto é a verdadeira Espiritualidade.

Então o que é a verdadeira Espiritualidade?

A Espiritualidade é o caminho da busca da Alma e da consciência do EU; É a procura ou a busca de nós próprios, através das várias dimensões, que nos dão entrada para as sete chaves onde se descobre os vários corpos, as várias formas, várias dimensões, …; é onde descobres a tua essência, onde recuperas a tua Alma como quando ela escolheu vir fazer a jornada aqui na dimensão física; é a conexão com o Divino.

A Espiritualidade e ser Espiritual é a energia do criador que ele dá oportunidade se assim o demonstrares de a poderes receber, sentir e viver.

A Espiritualidade envolve o reconhecimento de um sentimento, sensação ou crença de que há algo maior do que eu, algo mais que o próprio Ser Humano, do que a experiencia sensorial… e que o TODO é maior do que.

A espiritualidade é a Vida da Alma; é a vida do Espírito; é a Vida do Físico.

O que é ser Espiritual?

Ser Espiritual é: seres tu próprio. É aceitar-te como és; é seres tu sem medos, sem inseguranças, sem ego, sem manias, sem maldade; é seguires o teu coração. Essa é a melhor forma para te iniciares a seres Espiritual e entrares no caminho da Espiritualidade.

E o mais importante de tudo é que não precisas de seguir nenhuma fé/religião em específico… Podes seguir, mas não é obrigatório porque o Divino está em Nós e descobres isso através de práticas como: Yoga, Reiki, Meditação,… Estas três formas anteriores de estar na Vida podem adaptar-se ao teu estilo de Vida, porque elas são muito mais que Ciência ou Religião. Elas são o Caminho; são o início do Caminho Espiritual. Todos nós somos uma Peça do Grande Puzzle.

Apenas alerto-te para algo muito importante: não caias no conto do vigário. Obrigada!

Namastê! A minha Luz saúda, reverencia a tua Luz!

5/5 - (1 Voto)

Patrícia Correia

Licenciada em Ciências Sociais - Minor em Serviço Social pela Universidade Aberta. Mestranda em Serviço Social na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Em descoberta do meu EU Superior. Formação em Terapias Holísticas: Reiki USui Shiki Ryoho - Nível III, Curso de Meditação - Praticante I e Formação de Instrutora de Yoga para Grávidas e Seniores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Part.
Partilhar
Twittar
Partilhar
Pin