A Autoestima como Força Impulsionadora

A autoestima e o amor-próprio são um dos pilares para aprenderes a viver em equilíbrio contigo mesmo, contrariamente à baixa autoestima.

Quando desenvolves o amor por ti mesmo, vais consequentemente aumentar a tua compaixão e reduzir a tendência ao julgamento e à culpa. Consegues aceitar que fazes sempre o teu melhor, com os recursos que tens no momento.

A autoestima, permite que consigas enxergar o teu real valor, assim como o merecimento de uma vida feliz. Quando resgatas o amor-próprio e a autoestima, tornas-te uma pessoa mais confiante e segura. E o melhor de tudo, é que todo o teu corpo e as tuas células sentem esse amor. É um estado de vibração elevado, possível de se sentir.

Seguem-se abaixo algumas dicas para desenvolveres a tua autoestima e elevares o teu amor-próprio:

  1. Afirma diariamente, em frente ao espelho: Eu Amo-me, eu Aceito-me e eu Aprovo-me a mim mesmo. Eu sou parte do Divino, o Divino habita em mim e eu sou Amor. Por mais absurdo que te possa parecer, e no início parece, não desistas!
  2. Tira algum tempo para cuidares de ti em amor:  Toma um banho relaxante com sais, ouve uma música, acende umas velas e mima a tua pele.
  3. Sai para jantar contigo mesmo:  prepara-te e arranja-te como se fosses sair com outra pessoa. Permite-te abrir ao amor, primeiro o próprio.
  4. Permite-te obter um “luxo” para ti:  Fazer a tal viagem que desejas, comprar algo que consideras importante e necessário para te ofereceres, entre outras coisas.
  5. Dá-te tempo a ti sem desculpas, para estares só contigo: medita entre 8 e 15 minutos para obteres clareza e acalmares a tua mente.
  6. Passa tempo de qualidade com as pessoas que mais amas: Aprecia a beleza desse momento.
  7. Faz Caminhadas Contemplativas na Natureza: Sente os pés no chão, o vento que te toca ou o sol que aquece, observa os passarinhos e o desenvolvimento natural da Natureza e sente-te parte de tudo aquilo.
  8. Desenvolve o Sentimento de Gratidão: Lista no fim do dia 3 motivos pelos quais estás grato e as razões para tal.
  9. Organiza o teu dia e prioriza as tarefas, por ordem de importância: Escreve e aponta tudo o que queres fazer hoje e honra o compromisso contigo mesmo.
  10. Lembrar: Traz à tua consciência, que tudo está exatamente como deve estar e, que tudo segue o seu propósito.

Em suma, conquista a tua LIBERDADE, de apenas puderes Ser em AMOR, tudo aquilo que vieste cá para SER!

Marisa Patrocínio

Terapeuta de Desenvolvimento Humano e Coach na Vertente Psicológica. Acredito que todos nós dispomos de uma força interior motivadora, capaz de gerar uma transformação completa na nossa forma de estar na vida. Num momento de grande sofrimento interno, em que me perdi de mim mesma, fiz uso dessa força e encontrei o amor-próprio, o equilíbrio emocional, a paz de espírito e a harmonia comigo e com os outros. EU CONSEGUI, TU CONSEGUES!

5 comentários em “A Autoestima como Força Impulsionadora

  • 27 setembro 2019 em 11:44
    Permalink

    Gostei muito, quando nós sentimos que alguém consegue ajudar as pessoas numa fase da vida, eu próprio atleta de artes marciais toda a vida semti o quanto se pode ser útil na vida das pessoas com as nossas experiências de vida e estudos sobre o ser humano, eu próprio e nas artes marciais culturas tão antigas que nos ajudam a enfrentar com muita facilidade os nossos medos,as nossos bluqueios, e a superamos grandes depressões sem recurrer a medicação. obrigado Marisa sei que vai ajudar bastantes pessoas

    Resposta
    • 27 setembro 2019 em 13:09
      Permalink

      Boa tarde Paulo, agradeço de coração o seu comentário. Obrigada pela sua partilha connosco. Sem dúvida, que a nossa própria experiência de vida, pode ser de grande ajuda para o próximo. Não estamos sozinhos, e é importante saber, que o desafio que alguém pode estar a enfrentar neste momento, pode ser algum que eu própria já tive que superar. Pretendo assim, através da partilha do meu próprio processo, ajudar as pessoas e contribuir para um mundo mais próximo do equilíbrio. Felicidades e gratidão ?

      Resposta
  • 1 outubro 2019 em 11:14
    Permalink

    Adorei o artigo da Marisa, sobre a auto-estima… de facto faz todo sentido! Vou aplicar os conselhos. Gratidão. Parabéns!

    Resposta
    • 1 outubro 2019 em 14:02
      Permalink

      Obrigada pelo comentário Marta Galvão. Aplique e vai ver, que se sentirá melhor consigo mesma. Pode escolher alguma dica, que lhe fizer mais sentido e utilizar como ferramenta. Felicidades e Gratidão!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin